Seguindo os passos de Miami, Rio de Janeiro estuda criação da “RioCoin”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação – juntas – formaram um grupo que coordenará estudos para encontrarem formas de estimular o uso das moedas digitais para pagamento de tributos municipais, oferecendo em contrapartida descontos ao contribuinte.

O grupo foi criado segundo decreto publicado nesta sexta-feira(14). Na mesma publicação, mencionou-se ainda estudos para aplicação de verba do Tesouro (cerca de 1%) em criptomoedas.

As moedas digitais cariocas – batizadas de “Crypto Rio” – poderão ajudar também na busca por investimentos em projetos estratégicos da cidade.

Miami foi a primeira cidade a lançar a sua moeda digital, a “MiamiCoin” e seu prefeito, Francis Suarez, foi o primeiro legislador americano a aceitar Bitcoin como pagamento de salário.