release

Resumo de resultados: 16/Nov/2021

...

ÂNIMA HOLDING S.A
Receita líquida
no acumulado do 9M21 somou R$ 1.802,3 milhões, aumento de 72,4% frente ao 9M20. No 3T21 contabilizou -R$ 41,3 milhões negativo.

EBITDA
reportou R$ 643,6 milhões no 9M21, superior em 107,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Caixa Operacional
somou R$ 532,3 milhões e uma Geração de Caixa Livre de R$ 583,2 milhões equivalente a 90,6% do EBITDA. 

Índice de Alavancagem
4,1x Ebitda ajustado


COSAN S.A.
EBITDA proforma ajustado:
recorde de R$ 3,4 bilhões (+7%)

Lucro líquido
registrou R$ 3,3 bilhões

Índice de alavancagem
reduziu para 2,1x no período (-0,7x frente ao 2T21).

Dívida bruta
encerrou o 3T21 em R$ 51,7 bilhões (+22%)

Geração de caixa líquido para acionistas (FCFE)
R$ 8,3 bilhões (+10x).


Raízen
Operação Agroindustrial
O segundo trimestre da safra 2021/22 segue impactado de maneira significativa por questões climáticas. A moagem no trimestre foi de 37,3 MM t (-5%) e foram produzidos 5,2 MM t de açúcar equivalente (-6%), com 53% do mix de produção destinado ao açúcar. 

Renováveis
EBITDA ajustado proforma atingiu R$ 1,8 bilhões no 3T21 (+63%)

Açúcar
EBITDA ajustado proforma do 3T21 alcançou R$ 603 milhões (-21%).

Marketing & Serviços
EBITDA ajustado da plataforma integrada (Brasil e Argentina) totalizou R$ 917 milhões (+1%).


Compass Gás & Energia
EBITDA do período atingiu R$ 871 milhões (+35%), alavancado pelo forte aumento no volume distribuído pela Comgás (+14%). O volume do segmento industrial foi 10% superior ao 3T20 


Moove
EBITDA
alcançou R$ 157 milhões (-12%) no 3T21, refletindo majoritariamente a redução de 26% no volume vendido


Rumo
EBITDA
alcançou R$ 903 milhões no trimestre (-19%), consequência da redução de 7% no volume transportado, impactado pela quebra da safra do milho


VIBRA ENERGIA 

EBITDA Ajustado 3T21
R$ 1.185 milhões (R$ 115/m³), sendo R$ 1.181 milhões (R$ 114/m³) o resultado normalizado pelo efeito estoque e hedge de commodities (-R$ 4/m³), ganhos tributários pelo fim da definitividade (+R$ 8/m³), pela baixa de recebíveis da Stratura (-R$ 9/m³) e ganho com desapropriação de imóvel (+R$ 5/m³)

Margem EBITDA ajustada (% da Receita líquida)
3,3%

Lucro bruto
Incremento de 20,4% na comparação com 2T21. Na comparação com o 3T20 observa-se um aumento de 10,6%.

Lucro líquido
R$ 598 milhões, aumento de 78,5% em comparação com 2T21. No acumulado do 9M21 somou R$ 1.472 milhões frente aos R$ 757 milhões reportados no 9M20, representando aumento de 94,5%.

Endividamento líquido
(R$ 8,2 bilhões) aumentou R$ 1,5 bilhão devido ao pagamento de R$ 1,1 bilhão aos acionistas sob a forma de dividendos e JSCP no 3T21, resultado em uma alavancagem (dívida líquida / EBTIDA Ajust. LTM) de 1,6x ao final do 3T21.

Crescimento de +16,6% do volume vendido na comparação QoQ, reflexo das maiores vendas de óleo combustível (+77%), querosene de aviação (+40%), ciclo otto (+8%) e diesel (+12%)

Rede de postos com uma variação líquida de +51 postos no trimestre e de +270 postos considerados os últimos doze meses;


PDG REALTY S.A.
Lucro bruto
R$44 milhão e margem bruta de 31,8%. No acumulado do ano, o lucro bruto foi de R$58 milhões, com margem de 17,1%.

Lucro líquido
R$29,0 milhões no 3T21, com margem de 20,8%.

Dívida extraconcursal
Diminuiu R$83 milhões (-3%) no 3T21. Além dos pagamentos que totalizaram R$52 milhões no período, R$146 milhões das dívidas extraconcursais foram habilitadas no Plano de Recuperação.

Considerando o aumento de capital, os pagamentos aos credores das classes I, II e IV e as dações realizadas, a Companhia já amortizou R$639,1 milhões de dívidas concursais.

Vendas brutas somaram R$77 milhões, 103% acima do 3T20. No acumulado dos 9M21, as vendas brutas somaram R$160 milhões, aumento de 38% em relação ao mesmo período de 2020.

Distratos somaram R$33 milhões, 50% acima do 3T20. Nos 9M21, os distratos totalizaram R$90 milhões, 41% acima dos 9M20

No 3T21, o estoque a valor de mercado totalizou R$1.280 milhões, 32% abaixo do valor registrado ao final do 3T20 e 15% abaixo do 2T21. A quantidade de unidades diminuiu 29% na comparação com o 3T20 e 20% em relação ao 2T21.

Encerramento da Recuperação Judicial.


ENJOEI
Receita líquida
Atingiu R$ 25,9 milhões, crescendo 16% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Lucro Bruto
R$7,1 milhões no 3T21 representou uma queda de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior e crescimento de +17% sobre o 2T21. A Margem Bruta no 3T21 foi de 27,4%.

Prejuízo no acumulado do 9T21
Somou R$ (85.071), resultado -111% em relação ao 9M20.

EBITDA ajustado
(desconsiderando o plano de remuneração em ações) atingiu -R$17,3 milhões no 3T21, versus -R$19,2 milhões no 2T21.

GMV
Atingiu R$199,1 milhões no 3T21, representando um crescimento de 46% a/a sobre uma base elevada do ano anterior. No acumulado de 9 meses, atingimos R$575 milhões (+73% vs 9M20), refletindo o forte ritmo de crescimento do volume de transações.

Novos vendedores
Atingiu 180 mil no 3T21 e ficou +20% acima do número registrado no mesmo período do ano anterior.

Redução na taxa de cancelamento de transações
Diminuição de cerca de 20% de maio/21 a setembro/21.

141 milhões de visitas totais na plataforma, ficando 29% acima do número registrado no mesmo período do ano anterior


CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A.
Receita Líquida do 3T21 foi 99% superior ao 2T21, impactada por crescimento dos embarques no Brasil para destinos domésticos e, ao final do trimestre, para destinos internacionais, além do aumento de margem (take rate). Na Argentina, houve crescimento de 71% nas reservas totais frente ao 2T21, porém com menor margem, dado o crescimento do mercado doméstico por estímulos governamentais

EBITDA Ajustado
Foi negativo em R$ 33,3 milhões no 3T2, ante R$ 130,8 milhões do 2T21, resultado gerou aumentou 74,6% em comparação com o 2T21.

Lucro (Prejuízo) Liquido Ajustado
Registrou prejuízo de R$ (81,9) milhões, frente aos R$  (176,2) milhões no 2T21, resultado melhorou  53,5% em relação ao trimestre anterior.

Caixa
Em 30 de setembro somava R$ 663,5 milhões, 9,5% superior ao caixa observado na mesma data de 2020, com impacto de aproximadamente R$ 15 milhões de antecipação de recebíveis no período. 

Dívida bruta
R$ 1,1 bilhão, ante R$ 1,3 bilhão ao final do 2T21, beneficiada pelo aumento de capital no valor de R$ 454,2 milhões ocorrido no trimestre.

Reservas Confirmadas
Cresceram 180% quando comparadas ao mesmo trimestre do ano anterior ou 75% frente ao 2º trimestre de 2021.

Passageiros
No 3T21 foram embarcados aproximadamente 2,5 milhões de passageiros ante aproximadamente 1,5 milhão no 2T21 (crescimento de 64,9%).

Ticket médio
Apresentou melhora no período atingindo R$ 912 no 3T21, contra R$ 795 no 2T21 e 675 no 3T20.


TC TRADERS CLUB S.A.
RECEITA LÍQUIDA PROFORMA:  totalizou R$ 31,0 milhões final do 3T21, 108,9% superior ao mesmo período do último ano e 33,4% acima na comparação ao 2T21. Acumulada somou R$ 77,1 milhões, um crescimento de 176,5% na comparação com o período de doze meses encerrados em setembro de 2020 (LTM3T20). A receita líquida proforma LTM3T21, por sua vez, totalizou R$ 97,6 milhões, 250% superior à receita acumulada no LTM3T20.

LUCRO BRUTO PROFORMA
Totalizou R$ 19,2 milhões no 3T21, o que representa um crescimento de 48,8% quando comparado com o mesmo período do ano anterior e 33,6% acima do lucro bruto registrado no 2T21.

MARGEM BRUTA
Atingiu 61,8% no período, praticamente estável na comparação com o segundo trimestre de 2021.

LUCRO LÍQUIDO PROFORMA
Totalizou R$ 11,4 milhões, um crescimento de 62,7% ante o 3T20, revertendo o prejuízo de R$ 2,2 milhões apresentado no trimestre anterior.

EBITDA
R$3.548 milhões, ante R$ 1.139 milhões reportado no 2T21, com margem de 11,4%.

POSIÇÃO DE CAIXA
No final de setembro de 2021 constatou R$ 525,9 milhões.

USUÁRIOS CADASTRADOS
562 mil usuários, um aumento de 157,8% em relação ao 3T20 e 12,0% superior na comparação com o 2T21.

USUÁRIOS PAGANTES
88 mil, um aumento de 417,6% em relação ao 3T20 e estável na comparação com o número observado no 2T21.

PROFORMA
Inclui aquisições de RIWeb, Economática

COMPARTILHAR VIA: