dendrites.io

O que é: Erro Absoluto Médio

O que é Erro Absoluto Médio?

O Erro Absoluto Médio (EAM) é uma medida estatística utilizada para avaliar a precisão de um modelo ou previsão em relação aos valores reais. É uma métrica comumente utilizada em áreas como estatística, matemática, ciência dos dados e engenharia.

Como calcular o Erro Absoluto Médio?

Para calcular o Erro Absoluto Médio, é necessário comparar os valores previstos pelo modelo com os valores reais. A fórmula para calcular o EAM é a seguinte:

EAM = (Σ|valor previsto – valor real|) / n

Onde:

  • EAM é o Erro Absoluto Médio;
  • Σ representa a soma dos valores absolutos das diferenças entre os valores previstos e os valores reais;
  • valor previsto é o valor estimado pelo modelo;
  • valor real é o valor verdadeiro ou observado;
  • n é o número total de observações ou amostras.

Interpretação do Erro Absoluto Médio

O Erro Absoluto Médio fornece uma medida da diferença média entre os valores previstos e os valores reais. Quanto menor o valor do EAM, mais preciso é o modelo ou previsão. Por outro lado, um EAM maior indica uma maior discrepância entre os valores previstos e os valores reais.

Exemplo de cálculo do Erro Absoluto Médio

Vamos considerar um exemplo para ilustrar o cálculo do Erro Absoluto Médio. Suponha que temos os seguintes valores previstos e valores reais para um determinado modelo:

Valores previstos: 10, 15, 12, 18, 20

Valores reais: 8, 14, 10, 20, 22

Para calcular o EAM, primeiro devemos calcular as diferenças absolutas entre os valores previstos e os valores reais:

|10 – 8| = 2

|15 – 14| = 1

|12 – 10| = 2

|18 – 20| = 2

|20 – 22| = 2

Em seguida, somamos todas as diferenças absolutas:

2 + 1 + 2 + 2 + 2 = 9

Por fim, dividimos o resultado pelo número total de observações:

EAM = 9 / 5 = 1,8

Portanto, o Erro Absoluto Médio para esse exemplo é igual a 1,8.

Limitações do Erro Absoluto Médio

O Erro Absoluto Médio possui algumas limitações que devem ser consideradas ao interpretar seus resultados. Uma das limitações é que o EAM trata todas as diferenças entre os valores previstos e os valores reais de forma igual, independentemente de sua magnitude.

Além disso, o EAM não fornece informações sobre a direção das diferenças. Ou seja, não é possível determinar se o modelo está subestimando ou superestimando os valores reais apenas com base no EAM.

Comparação com outras métricas de erro

Existem outras métricas de erro que podem ser utilizadas em conjunto com o Erro Absoluto Médio para uma avaliação mais completa do desempenho de um modelo ou previsão. Algumas dessas métricas incluem o Erro Quadrático Médio (EQM), o Erro Percentual Absoluto Médio (EPAM) e o Coeficiente de Determinação (R²).

O EQM é uma medida que leva em consideração as diferenças ao quadrado entre os valores previstos e os valores reais. Já o EPAM é uma medida que expressa o erro médio em termos percentuais em relação aos valores reais. O R² é uma medida que indica a proporção da variabilidade dos valores reais que é explicada pelo modelo.

Aplicações do Erro Absoluto Médio

O Erro Absoluto Médio é amplamente utilizado em diversas áreas, como:

– Previsão de demanda: o EAM pode ser utilizado para avaliar a precisão de modelos de previsão de demanda, permitindo identificar possíveis erros e ajustar os modelos de acordo;

– Avaliação de modelos de previsão: o EAM é uma métrica comumente utilizada para avaliar a precisão de modelos de previsão em relação aos valores reais, auxiliando na seleção do melhor modelo;

– Análise de dados: o EAM pode ser utilizado para avaliar a qualidade dos dados e identificar possíveis discrepâncias entre os valores previstos e os valores reais;

– Comparação de modelos: o EAM permite comparar o desempenho de diferentes modelos ou previsões, auxiliando na escolha do modelo mais preciso e confiável;

– Otimização de processos: o EAM pode ser utilizado para identificar possíveis erros ou discrepâncias em processos, permitindo a realização de ajustes e melhorias.

Conclusão

O Erro Absoluto Médio é uma medida estatística utilizada para avaliar a precisão de um modelo ou previsão em relação aos valores reais. É calculado pela soma das diferenças absolutas entre os valores previstos e os valores reais, dividido pelo número total de observações. O EAM fornece uma medida da diferença média entre os valores previstos e os valores reais, sendo que um valor menor indica maior precisão. No entanto, o EAM possui algumas limitações, como tratar todas as diferenças de forma igual e não fornecer informações sobre a direção das diferenças. É recomendado utilizar o EAM em conjunto com outras métricas de erro para uma avaliação mais completa do desempenho de um modelo ou previsão.

CONHEÇA

A primeira plataforma com inteligência artificial para profissionais das áreas de relações com investidores e mercado financeiro do mundo