Com meta de inflação cumprida, FED sinaliza aumento na taxa de juros

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O FED (Federal Reserve) sinalizou nesta quarta planos para encerrar as aquisições de Treasuries e títulos lastreados em hipotecas até março, Até recentemente, o banco central americano vinha comprando mensalmente US$ 120 Bi em títulos norte-americanos e lastreados em hipotecas.

Com uma unanimidade entre os 18 formuladores de política monetária, a indicação é de que pelo menos um único aumento nas taxas seria apropriado antes do fim de 2022.

A projeção é de três aumentos nas taxas de juros de 0,25 ponto percentual cada. Para o próximo ano, a estimativa é de que a inflação americana ficará em 2,6%, com redução da taxa de desemprego em 3,5%.

Segundo o Fed, o crescimento econômico deve ser de 4,0% no próximo ano, maior, comparado aos 3,8% projetados em setembro.